Perguntas e Respostas


1- Como devo começar uma criação de frango de corte?
Recomendamos que inicie sua criação com uma pequena quantidade de aves (50 ou 100) de frango caipira (Corte) e siga as recomendações disponíveis em Orientações Práticas de Criação.
Não faça grandes investimentos em equipamento e crie como um experimento, aproveite para aprender o manejo das aves, observar o crescimento e durante este período aproveite para apresentar suas aves a seus possíveis clientes levantando assim, seu mercado.
O segredo do sucesso do frango caipira depende muito mais da comercialização do que da criação propriamente dita. Depois que seu projeto for adiante, planeje produção em escala e investimentos em instalações e equipamentos.
Com relação a postura, recomendamos iniciar o projeto depois de ter boa experiência com a criação de caipiras de corte.

2- É viável iniciar uma criação apenas de aves caipiras de corte?
Não somente viável, como também fundamental o projeto se basear na criação de aves caipiras de corte, pois para a criação de aves de postura além de se exigir maior investimento, manejo adequado e técnica, normalmente você enfrentará problemas relacionados com desafios de doenças e sanitários.
A ave caipira deve ser utilizada como uma fonte de renda alternativa, pois tem alto valor agregado e fácil comercialização.

3- Qual tipo de grama devo usar no piquete?
Normalmente tanto para climas frios como para as aves recomendamos o uso de gramíneas com sistema radicular baixo. O quicuio, também é recomendado, mas deve procurar na casa da lavoura qual o tipo que mais se adapta a sua região.

4- Como é a alimentação do frango caipira?
A alimentação nos primeiros 28 dias deverá ser de ração inicial de corte balanceada, pois é o período de formação da ave. Após este período recomendamos iniciar a alimentação alternativa e complementar no final do dia com ração balanceada. As exigências nutricionais são muito próximas do frango de corte industrial e somente no caso de lotes maiores recomendamos a formulação de rações especiais.

5- Como posso fabricar minha própria ração?
Recomendamos que você verifique quais matérias primas que você dispõe com baixo custo e entre em contato com um fabricante de premix.
Os grãos poderão ser moídos em um moinho simples e a ração batida em uma betoneira. O núcleo a ser utilizado depende da matéria prima disponível e do fabricante.
Além de garantir uma ração de qualidade para as aves você economizará bastante no custo final. Aconselhamos que os primeiros 28 dias sejam exclusivamente com ração balanceada e depois inicie a alimentação alternativa pela manhã no piquete e complemente com ração balanceada no fim do dia. É importante que na fase de postura a ração balanceada seja de postura.

6- Qual é o peso ideal de comercialização do frango caipira?
Como o frango caipira está intimamente ligado a costumes regionais (principalmente culinária), aconselhamos você a respeitar o tipo de frango caipira de sua região.
O potencial genético do frango caipira é obter 2,8 kg com 65 dias,  com produção de 280 ovos/ano.
Para alongar o tempo de criação sem aumentar o custo indicamos o uso de alimentação alternativa.

7 - E quanto à qualidade da carne e dos ovos da galinha caipira?
A autêntica galinha caipira brasileira, resultado do cruzamento de varias raças, entre elas a carijó e a rajada, está conquistando o gosto do consumidor por causa de suas propriedades nutricionais. O sabor da carne, com baixo teor de gordura, apesar do requinte e das modernas técnicas introduzidas no galinheiro, continua com as mesmas características das galinhas caipiras tradicionais. Como os frangos são criados soltos demoram mais para engordar, cerca de 60 dias, enquanto o frango comercial leva somente 40. Portanto ganham em musculatura e fibras e com isso um aumento da colagem da cartilagem que se traduz em sabor mais acentuado da carne e maior proteína nos ovos.

8 - Por que minhas aves estão crescendo de forma desigual?
Muitas são as razões para um crescimento desigual: frio, desafio de doenças que não matam (mas comprometem o crescimento do lote), alimentação inadequada, qualidade da água, entre outras.
Com relação às aves existentes não há muito que fazer, sugerimos que no próximo lote você siga as Orientações Práticas de Criação, procure uma ração balanceada de boa procedência, alimente os pintos até 28 dias somente com ração inicial e após entrar com ração alimentação alternativa de manhã, complemente com ração balanceada no fim do dia.

9- Minhas galinhas não botam mais. O que fazer?
Muitas são as razões para que uma ave pode deixe de botar. Por exemplo:
- Falta de alimentação adequada (não dar ração de corte);
- Falta de quantidade de alimento (a ave pode entrar em muda de penas e para de botar);
- Falta de maturidade sexual -as aves atingem esta maturidade de 17 a 25 semanas de idade;
- A galinha entrou no choco;
- Falta de iluminação;
- Alguma doença que tenha atingido o lote;
- Entre outras.
Recomendamos que você tente estimular o lote com ração de postura (+ ou - 130g de ração por dia) sem alimentação alternativa. Aumente o período do dia com luz artificial (1 lâmpadas de 100 watts para cada 4 m2) aumentando 1 hora por semana no final do dia. E se ainda não obtiver resultado, aconselhamos a trocar o lote.

10- Todas as minhas aves estão com verrugas. O que devo fazer?
Esta é uma doença viral chamada Bouba Aviária e que não tem cura. Recomendamos que elimine todas as aves do local, limpe, lave, desinfete todo o material e queime as penas. Fique 30 dias em vazio sanitário sem nenhuma ave no local e reinicie a criação com aves vacinadas, saudáveis e de boa procedência.

11- Minha ave está roncando e com o olho inchado. O que devo fazer?
Suas aves devem estar com Coriza (olhos inchados, remela amarela no bico e no olho, ficam encorujadas e roncando).
Elimine as aves e tire do contato com as outras.
Se o problema já se espalhou deve tratar com quemicetina avícola ou clortetraciclina durante 5 dias conforme a bula.
Para se livrar do problema deve fazer um vazio sanitário de 15 dias após estar tudo limpo e desinfetado ou fazer um programa de vacinação.

12- O que fazer em caso de canibalismo?
O lote está com deficiência de farinha de carne na alimentação e, portanto está em fase de canibalismo.
É recomendado:
1- Colocar sal na água na proporção de 1 Kg para 1000 litros;
2- Colocar verde ( verduras penduradas, folha de bananeira ) para"distrair" as aves;
3- Comprar ração balanceada de boa procedência;
4- Separar as aves machucadas e curar com "Lepicide" (Azul de metileno, nas feridas).

13-Existem publicações sobre a criação de frango caipira?
Livro
Criação de galinhas caipiras
Autor(es)
EMBRAPA MEIO-NORTE
Editora
EMBRAPA INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA
Ano de Publicação
2007
Livro
Sistema Caipira de Criação de Galinha
Autor(es)
Mário Nakano
Roberto Dias de Moraes e Silva
Editora
Ed. Sebrae
Ano de Publicação
1998
Livro
Doenças das aves
Autor(es)
Angelo Berchieri Junior
Luiz Sesti
Edir Nepomuceno Da Silva
Editora
Facta
Ano de Publicação
2009
DVD
Como criar galinhas semi confinadas
Produção de ovos e carne
Raças puras e caipiras
Produção
AGRODATA
DVD
O FRANGO PESADÃO E OUTRAS RAÇAS
Criação à moda caipira, carne e ovos
Consultoria
Sebastião G. Franco
Ronaldo Flemming
Produção
VideoPar
DVD
Criação de Frango e Galinha Caipira
Consultoria
Luiz Fernando Teixeira Albino
Produção
CPT












3 comentários:

  1. quais as racas mais usadas para o crusamento que resulta nos pintainhos hibridos vendidos para corte de crescimento e ganho de peso rapido os chamandos frangos de granja?abraço

    ResponderExcluir
  2. quais as racas mais usadas para o crusamento que resulta nos pintainhos hibridos vendidos para corte de crescimento e ganho de peso rapido os chamandos frangos de granja?e com quem posso adiquirila ,gostaria de produzir meus proprios pintainhos?abraço

    ResponderExcluir
  3. BOA NOITE EU GOSTARIA DE COMPRAR OVOS DA RAÇA RHODE ISLAND RED PURA, COMO EU POSSO CONSEGUIR, EU GOSTARIA DE SABER O PREÇO DA DÚZIA E VALOR DO FRETE PARA O CEP- 26291*527 ESTADO: RJ - CIDADE: NOVA IGUAÇU - BAIRRO: CABUÇU, EMAIL: roberto.s.abreu@bol.com.br MUITO OBRIGADO!!

    ResponderExcluir